terça-feira, 8 de junho de 2010

Ritmo na dança para idosos


Segundo Pereira (1999),a Ginástica Rítmica é uma atividade muito rica e dotada de grande versatilidade,pois desenvolve a coordenação motora,a percepção espacial, a lateralidade, como também, a consciência corporal,a de movimentos físicos e estáticos e contribui para o aprimoramento do esquema corporal.Dessa forma,uma variedade de expreriencias de movimento e de contexto sao importantes para as condicoes de pratica,pois ela aumenta a capacidade de pessoas desempenhar a habilidade praticas com sucesso.
Um dos papeis da Ginástica Ritimica é ajudar no desenvolvimento,aprimorando a melhoria das categorias motoras (estabilização, locomoção,manipulação)Isto incorpora uma ampla serie de experiências de movimentos,para que as crianças desenvolvam e refinem suas habilidades motoras,alem de promover o desenvolvimento dos domínios cognitivos,afectivo e social,a ginástica itmica favorece a essa compreensão,pois é uma modalidade que tem o ritmo como um dos seus fundamentos (Molinari,sd)
Para o idoso, é muito importante estar em contanto com o mundo que o rodeia, sentir-se altivo e útil, participando de algum tipo de atividade. Temos a preocupação de que o idoso adquira uma postura positiva frente a velhice e que aprenda a valorizá-la. Acreditamos que a prática da dança, irá proporcionar ao idoso, saúde, autonomia, e que poderá ajudá-lo a lidar com o seu próprio corpo, com seus sentimentos e com seu processo de envelhecimento, auxiliando-o, também, nas suas atividades diárias e na sua integração social
O trabalho com o idoso, a princípio, exige cuidados especiais, métodos e ensinamentos diversificados para sua comprovada eficiência e aplicabilidade, visto que, pela sua própria natureza se distingue das demais faixas etárias, é uma recente área de trabalho e os objetivos aspirados são diferenciados.
A dança é uma atividade lúdica, uma manifestação artística e forma de comunicação que se faz através do próprio corpo humano, praticada em grupo, que ajuda a expressar as emoções, estimula a memorização e a coordenação, além de ser um bom exercício físico.
Qualquer idoso pode participar, e os benefícios são a curto prazo e a sua única contra-indicação é para as pessoas que sofrem de osteoporose avançada e alguns casos de angina no peito.
Sugestões de dança para os idosos

· Idoso fisicamente incapaz - escolher atividades rítmicas que envolvam a percepção visual, tátil e sonora; utilizar implementos cênicos e de percussão; proporcionar trabalho individualizado, buscando respostas corporais.
· Idoso fisicamente dependente – evidenciar movimentos expressivos e gestuais; escolher ritmos alegres e de interesse do grupo.· Idoso frágil – utilizar ritmos diversificado; explorar membros superiores, envolver a cultura local, estimular a participação, utilizar danças folclóricas e dança de salão, adaptadas para o grupo.
· Idoso fisicamente independente – realizar a dança preferencialmente em pé; criar coreografias utilizando círculos, colunas, fileiras; explorar movimentos individuais, em duplas, em trios; associar a música ao movimento;
· Idoso ativo – participar de grupos diferentes de dança; participar de apresentações comunitárias e festivais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário